sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Ibope mostra Dilma com 54% dos votos válidos contra 46% de Aécio



Nova pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira mostra a presidente Dilma Rousseff, que tenta a reeleição pelo PT, 8 pontos percentuais à frente do candidato do PSDB, Aécio Neves.

Considerando os votos válidos (excluindo brancos, nulos e indecisos), Dilma passou a 54 por cento (ante 49 por cento no levantamento anterior), enquanto Aécio foi a 46 por cento (ante 51 por cento). A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais.

Pelo eleitorado total, a petista foi a 49 por cento das intenções de voto (ante 43 por cento no levantamento anterior), contra 41 por cento do tucano (ante 45 por cento).

Os eleitores que planejam votar em branco ou anular seus votos seguem em 7 por cento. Os indecisos somam 3 por cento (ante 5 por cento).

O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 203 municípios, entre segunda e quarta-feira.

* Com informações da Reuters

Homem, a serviço da Coelce, é eletrocutado em poste na Dom Manuel

Corpo do eletricista levou duas descargas elétricas


Francisco Juscelino demorou cerca de 40 minutos para ser retirado, tempo de espera para a Coelce desligar a rede elétrica do poste. Ele teve 90% do corpo queimado, conforme o IJF

Um funcionário, a serviço da Companhia de Energia Elétrica do Ceará (Coelce), foi eletrocutado em um poste na esquina da rua Rocha Lima com avenida Dom Manuel, na manhã desta sexta-feira, 24. Durante cerca de duas horas, o homem parecia morto, desacordado pendurado ao poste.
Identificado como Francisco Juscelino Santana, conhecido como Jocélio, 27, o homem é funcionário da Loprese, terceirizada da Coelce há mais de quatro anos. Segundo o socorrista do Serviço de Atendimento Móvel Urgente (Samu), Ederson José, o eletricista recebeu duas cargas elétricas. "Ele só não morreu porque as descargas não foram contínuas", informou. Jocélio foi encaminhado ao Instituto Doutor José Frota (IJF) e respirava com dificuldade.
Os choques elétricos ocorreram após um curto-circuito no poste em que ele havia acabado de subir, no início de seu expediente. Segundo o auxiliar Sandoval Cipriano Sousa, que também subiu no poste com Jocélio, eles foram informados pela Coelce que o poste estava sem energia, mas aquele era o poste errado. "Eu subi primeiro e o Jocélio subiu logo depois com os equipamentos. Ao tentar verfificar o problema, ele recebeu a primeira descarga. Então eu desci para chamar ajuda. Ao tentar subir com mais um colega, ele levou a segunda descarga e o capacete e equipamento caíram. Desci e chamei os bombeiros".
Segundo comerciantes da área, o primeiro sinal do acidente, um estrondo,  foi ouvido por volta das 10 horas. O Corpo de Bombeiros e as ambulâncias chegaram ao local, depois de serem acionados pelo auxiliar. O serviço de retirada de Jocélio demorou cerca de 40 minutos, tempo de espera para a Coelce desligar a rede elétrica do poste. 
Jocélio teve 90% do corpo queimado, conforme informações repassadas pelo IJF. Ainda de acordo com o socorrista Eliomar Cochrane, o Samu foi acionado às 9h25min. O intervalo entre a primeira e a segunda descarga foi de 15 minutos.
A Autarquia de Trânsito, Serviços Público e Cidadania (AMC) informou que bloqueou o cruzamento da Dom Manuel com a Rocha Lima, mas trânsito voltou ao normal por volta das 11 horas.
Em nota, a Coelce lametou o ocorrido e informou que analisa as causa do acidente, além de afirmar que vai prestar a assitência necessária a vítima. "A Coelce informa, ainda, que adota rigorosos padrões de segurança em suas atividades e capacita, periodicamente, funcionários próprios e parceiros com base em normas nacionais e internacionais de segurança", completa.
O eletricista
O auxiliar, Sandoval Cipriano, informou que o colega que subiu no poste, conhecido como Jocélio, 27, funcionário da Loprese, terceirizada da Coelce, há mais de quatro anos, retornou das férias na quinta-feira, 23. Hoje era seu primeiro dia de trabalho. Ele é natural de Jaguaribe.

TJCE determina bloqueio de R$ 1,6 mi das contas de dez municípios do Ceará

O presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargador Luiz Gerardo de Pontes Brígido, determinou o sequestro de recursos de dez municípios cearenses para pagamento de precatórios. Ao todo, foram apreendidos R$ 1.661.692,32.
Os municípios devedores são Alcântaras (R$ 508.569, 72); Aurora (R$ 546.603,60); Baixio (R$ 30.937,86); Baturité (R$ 142.233,20); Granjeiro (R$ 218.392,73); Groaíras (R$ 34.985,56); Ibiapina (R$ 9.625,49); Itatira (R$ 28.774,44); Jaguaretama (R$ 22.877,14) e São Benedito (R$ 136.692,58).
Os sequestros foram determinados em virtude da falta de pagamento de parcelas do regime especial relativa aos anos de 2011, 2012 e 2013, após os prefeitos, depois de pessoalmente intimados, não realizarem os depósitos devidos. Todos os municípios estão sujeitos ao regime especial de pagamento de precatórios criado pela Emenda Constitucional nº 62/2009, cuja gestão, no estado, cabe ao Tribunal de Justiça no Estado do Ceará.
Nessa condição, os gestores devem honrar a dívida total de precatórios em parcelas anuais, cabendo ao Tribunal tanto fixar o prazo de pagamento como apurar os valores devidos que, depois de depositados ou sequestrados, serão rateados entre o TJCE, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 7a Região e o Tribunal Regional Federal da 5a Região para pagamento dos credores de cada Tribunal. Depois do sequestro, o rateio dos recursos será feito de forma proporcional à dívida neles existente. Em seguida, será feito o levantamento, em cada tribunal, de quantos credores poderão ser pagos com os recursos disponibilizados ou sequestrados.
A Presidência do Tribunal de Justiça também é responsável pela gestão do regime comum de pagamentos e pode fazer o bloqueio de valores quando não são pagos os precatórios individuais durante o orçamento no qual foram inscritos. Atualmente, estão em processamento vários pedidos de sequestro de precatórios sujeitos ao regime ordinário, inclusive devidos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
Fonte: O Estado CE

Assaltante morre após roubo a lotérica na cidade de Orós

O assaltante morreu após fugir da polícia (Foto: Iguatu.Net)
Uma casa lotérica foi alvo de assalto na manhã desta sexta-feira, 24, na cidade de Orós. Quatro homens encapuzados e fortemente armados invadiram o estabelecimento. Na fuga um dos acusados morreu.
O valor tomado de assalto não foi divulgado para imprensa. Um dos acusados de nome “Mersinho” durante a fuga furtou uma motocicleta de um dos clientes do local assaltado, a Políca Militar iniciou uma perseguição ao acusado que desequilibrou-se na moto e colidiu no portão de uma residência tendo morte imediata.
O rabecão do Instituto Medico Legal (IML) da cidade de Iguatu foi acionado para remoção do corpo. Os outros suspeitos fugiriam em direção a região do Sítio Mandacaru, até a publicação desta reportagem ninguém foi preso.
Ainda em Orós
Na quinta-feira, 24, ainda na cidade de Orós, por volta das 23h uma motocicleta foi tomada de assalto na Rua António Custódio Sobrinho, nas proximidades do colégio Miguel Nunes Costas.
Dois homens um deles armados em uma motocicleta Fan 125 de cor preta tomara de assalto uma moto Bros 150, cor preta, placa NUN-5384, ano 2010 do garçom Dárcio Roberto Cândido, 29 anos. A polícia segue em diligências, mas até o momento nenhum suspeito foi preso.

RETA FINAL: Termina hoje propaganda eleitoral no rádio e na televisão


A dois dias do segundo turno das eleições, termina nesta sexta-feira (24) a propaganda eleitoral gratuita veiculada no rádio e na televisão. Também é a data limite para a divulgação paga de propaganda eleitoral na imprensa escrita e para a realização de debates. Nesse último caso, a transmissão não deve ultrapassar a meia-noite. É nesta sexta-feira o último dia para que os presidentes das mesas comuniquem à Justiça Eleitoral que não receberam o material destinado à votação de domingo (26).

Carro de alto-falante ou amplificadores de som para divulgação de propaganda está permitido até sábado (25), véspera da votação, entre as 8h e as 22h. A distribuição de material gráfico, a realização de caminhadas, passeatas e carreatas, além da divulgação de jingles ou mensagens dos candidatos podem ser feitas também até as 22h.

No segundo turno das eleições, neste domingo (26), cerca de 143 milhões de eleitores estão aptos a votar para presidente da República e governadores de 13 estados e do Distrito Federal. Apesar do horário de verão nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, a votação será feita das 8h às 17h, obedecendo o horário local.

Com o horário de verão, o Acre passou a ter três horas a menos em relação ao horário de Brasília. Por isso, a divulgação dos números das eleições para presidente da República começará às 20h (de Brasília). Os resultados para governador nos 13 estados e no DF serão conhecidos logo após o encerramento da votação.

Com informações da Agência Brasil.

CRISE NA SEGURANÇA: TSE aprova envio de força federal para mais seis municípios cearenses


Tropas vão atuar na garantia da ordem e da normalidade do segundo turno das eleições.

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, na sessão administrativa desta quarta-feira (23), o envio de força federal para mais dez municípios, sendo seis no Ceará – Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Sobral, Crateús e Aracati; três na Paraíba – Patos, Pombal e Cajazeirinhas; e um no Piauí – Miguel Alves.

A força vai atuar na garantia da ordem e da normalidade do segundo turno das eleições gerais que acontecem no próximo dia 26 de outubro.

O pedido de requisição de força federal para o Ceará foi relatado pelo ministro João Otávio de Noronha. Os demais foram relatados pela ministra Maria Thereza de Assis Moura.

Revista Veja antecipa edição para dizer que Lula e Dilma 'sabiam de tudo'


Site Brasil 247 garante que advogado de Youssef nega depoimento que ancora a reportagem de capa da 
A dois dias das eleições gerais, a revista Veja antecipou o lançamento de sua edição semanal para afirmar que o doleiro Alberto Yousseff, caixa do esquema de corrupção na Petrobras, revelou à Polícia Federal e ao Ministério Público, na última terça-feira (21), que o ex-presidente Lula e presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff, tinham conhecimento das "tenebrosas transações na estatal".

Veja, que chegou às bancas nesta manhã, descreveu a cena do último depoimento de delação premiada prestado pelo doleiro à PF, em Curitiba, e apresentou um Youssef física e emocionalmente diferente. “A temporada na cadeia produziu mudanças profundas em Youssef. Encarcerado desde março, o doleiro está bem mais magro, tem o rosto pálido, o cabelo raspado e não cultiva mais a barba. O estado de espírito também é outro. Antes afeito às sombras e ao silêncio, Youssef mostra desassombro para denunciar, apontar e distribuir responsabilidades na camarilha que assaltou durante quase uma década os cofres da Petrobras”, diz a reportagem.

Ainda segundo a Veja, Alberto Yousseff, que ostenta “a autoridade de quem atuava como o banco clandestino do esquema”, acrescentou “novos personagens à trama criminosa”. De acordo com a revista, ao ser questionado sobre o nível de comprometimento de autoridades no esquema de corrupção na Petrobras, o doleiro respondeu:

— O Planalto sabia de tudo!
— Mas quem no Planalto?, perguntou o delegado.
— Lula e Dilma, respondeu o doleiro.

A antecipação da edição-bomba dividiu opiniões e, como não poderia deixar de ser, tornou-se o assunto mais comentado no país. De um lado, vem sendo usada como trunfo nesta reta final da corrida presidencial, por outro, está sendo duramente criticada.

O site Brasil 247 classificou a reportagem como uma “tentativa de golpe contra a democracia” e apresentou o outro lado da questão, dizendo que o advogado Antonio Figueiredo Basto, que comanda a defesa do doleiro Alberto Youssef, desconhece o depoimento de seu cliente que ancora a matéria de capa da revista.

“Eu nunca ouvi nada que confirmasse isso [que Lula e Dilma sabiam do esquema de corrupção na Petrobras]. Não conheço esse depoimento, não conheço o teor dele. Estou surpreso”, disse o advogado.

Para o site de política, a edição de Veja foi antecipada para tentar interferir na sucessão presidencial, “sobrepondo-se à soberania popular”, uma vez que a últimas pesquisas de intenções de voto divulgadas trouxeram Dilma à frente do tucano Aécio Neves. 

"Estamos perplexos e desconhecemos o que está acontecendo; tentativa de golpe contra a democracia é manobra da revista. Jornalismo brasileiro atinge seu momento mais torpe”, esbraveja o Brasil 247. 

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

AGENDA DOS CANDIDATOS AO GOVERNO DO CEARÁ NESTA QUINTA-FEIRA


Camilo Santana (PT)
  • 21h20 – Debate na TV Verdes Mares
Eunício Oliveira (PMDB)
  • 21h20 – Debate na TV Verdes Mares

DATAFOLHA – CAMILO, 57%; EUNÍCIO, 43%


Pela primeira vez desde o início do primeiro turno, Camilo Santana (PT) aparece na liderança isolada das intenções de voto para governador do Ceará. Conforme a penúltima rodada de pesquisa O POVO/Datafolha antes do segundo turno, o candidato apoiado pelo governador Cid Gomes (Pros) sairia vitorioso se a eleição fosse hoje.
Em intenções de votos válidos, Camilo abriu 14 pontos percentuais de vantagem sobre Eunício Oliveira (PMDB). Desde a pesquisa da semana anterior, o petista subiu quatro pontos percentuais e foi de 53% para 57%. O candidato de oposição caiu de 47% para 43%.
A pesquisa em votos válidos exclui eleitores que disseram votar em branco, nulo ou em nenhum dos candidatos, além dos indecisos. Essa é a forma oficial como será divulgado o resultado da eleição.
Nas intenções de votos totais, Camilo subiu os mesmos quatro pontos percentuais. Foi de 45% para 49%. Eunício oscilou negativamente de 40% para 38%. O índice de eleitores que dizem votar em branco, nulo ou em nenhum dos candidatos oscilou de 6% para 5%. O percentual de indecisos oscilou em uma semana de 9% para 8%.
Camilo ficou atrás nas pesquisas durante praticamente todo o primeiro turno, alcançou o empate técnico a poucos dias da votação do último dia 5 e, surpreendentemente, terminou como mais votado quando a apuração foi concluída. Na primeira pesquisa do segundo turno, havia empate técnico.
A pesquisa foi contratada pelo O POVO, em parceria com Folha de S.Paulo. O número de registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é CE-00034/2014 e BR-01162/2014.
(O POVO)

CANDIDATOS FAZEM HOJE O ÚLTIMO DEBATE NA TV


Os dois candidatos a governador do Ceará participam, hoje, na TV Verdes Mares, após a novela Império, do último debate na disputa pelo Governo do Estado, antes da votação no próximo domingo. Camilo Santana (PT) e Eunício Oliveira (PMDB) terão a última chance de participar de um confronto direto para convencer o eleitor sobre quem tem a melhor proposta para a gestão dos próximos quatro anos do Ceará.
Cientes da importância do debate para atrair, principalmente, o voto dos eleitores ainda indecisos, tanto Camilo Santana quanto Eunício Oliveira preferiram evitar o desgaste com outras atividades de campanha eleitoral. Ambos programaram para hoje apenas reuniões internas voltadas à preparação para o debate na TV Verdes Mares.
Ontem, Camilo Santana e Eunício Oliveira também foram comedidos na programação das atividades de campanha. Enquanto o representante petista, publicamente, participou de uma carreata no município de Quixadá e visitou as obras de construção do Centro de Formação Olímpica, em frente ao estádio Castelão, o petista foi ainda a Aracati, onde deu entrevista. (DN)

SEGREDO DAS URNAS: 'VAI TER QUE SER ASSIM', DIZ TOFFOLI


Por cerca de meia hora, os sete ministros e alguns técnicos do Tribunal Superior Eleitoral deverão guardar em segredo o nome de quem governará o Brasil a partir de 2015. O presidente da corte, Dias Toffoli, estima que o resultado da eleição será definido por volta das 19h30 de domingo. No entanto, a informação só poderá ser divulgada às 20h, quando as urnas do Acre estiverem fechadas. "Eu não gostaria, mas vai ter que ser assim", diz o ministro. Ele promete que não haverá vazamentos. A informação é de Bernardo Mello Franco, na Folha de S.Paulo de hoje.
Dias Toffoli -- continua o colunista -- diz que a proibição de ataques na propaganda também pode melhorar o nível dos debates na TV. Ele critica o encontro do SBT, marcado pela troca de acusações entre Dilma Rousseff e Aécio Neves.
"Os dois, como candidatos a presidente, deveriam se recusar a obedecer os marqueteiros. Em sã consciência, nenhum dos dois diria o que foi dito", reprova o presidente do TSE.

MARANHÃO: ROSEANA NÃO VAI PASSAR O PODER. VAI RENUNCIAR


A governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), deve renunciar ao mandato no início de novembro. O que se diz no círculo próximo à peemedebista é que ela não tem a menor intenção de passar diretamente a faixa ao governador eleito e ex-presidente da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur) Flávio Dino. Nos bastidores, diz-se que ela ficaria “extremamente constrangida” em ser obrigada a fazer a transmissão a um político da oposição.
Se Roseana seguir adiante com os planos, quem deve assumir o governo nesta reta final é o presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo (PMDB). Um detalhe: Melo era candidato a vice-governador de Edison Lobão Filho (PMDB) e ficará sem mandato na próxima legislatura. Caso Melo assuma, após menos de dois meses de mandato, ele terá direito a uma aposentadoria vitalícia de aproximadamente R$ 25 mil.  (Blog Poder Online - Clarissa Oliveira)

CANDIDATOS ELEITOS NO CEARÁ, SERÃO DIPLOMADOS NO DIA 19 DE DEZEMBRO


O presidente da Comissão Apuradora das Eleições 2014, desembargador Antônio Abelardo Benevides Moraes, fez a proclamação oficial dos eleitos aos cargos de senador, deputado federal e deputado estadual (resultados relativos ao 1º turno de votação), na sessão da Corte do TRE, nesta quarta-feira, 22/10, conforme prescreve a Resolução TSE nº 23.399/2013 e a Resolução TSE nº 23.390/2013.
Também na sessão plenária de hoje, foi marcada a data de 19 de dezembro para a diplomação dos eleitos, que acontecerá no Centro de Eventos de Fortaleza.
A homologação do resultado para governador acontecerá até 25 de novembro.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Contra 'subserviência' do PT, mãe de Luizianne pede votos para Eunício


A campanha de Eunício Oliveira (PMDB) ao governo ganhou a ajuda de Luiza Lins, mãe da ex-prefeita Luizianne Lins (PT). Luiza organizou encontro de lideranças comunitárias de Fortaleza e outros municípios com a mulher de Eunício, Mônica Oliveira, realizado no último sábado num buffet da capital.
Segundo Luiza, Luizianne, que recusou fazer campanha para Camilo Santana (PT) por este ter sido lançado candidato pelo governador Cid Gomes (Pros) - seu arquirrival político -, não está envolvida no trabalho a favor do adversário do petista. “É uma decisão minha. Respeito a opinião dela e ela a minha”, disse a mãe da ex-prefeita.
Luiza apresenta o mesmo argumento da filha ao explicar por que resolveu colaborar com Eunício. “A candidatura do Camilo não é do PT, é uma candidatura dos Ferreira Gomes. Ela não tem legitimidade dentro do PT”.
Dizendo não concordar com a “subserviência” do PT ao governador, Luiza mandou carta ao partido na segunda-feira da semana passada pedido sua desfiliação. Até ontem à noite, ela não sabia se o desligamento tinha sido feito. “De qualquer forma, já me considero desfiliada”, observou.
As lideranças que reuniu no sábado em favor de Eunício, conforme Luiza, são aliadas dela desde sua candidatura a deputada estadual, em 2010. “Foi o primeiro evento que organizamos para a campanha do Eunício. (Desde então) estamos fazendo eventos isolados”.
Infiéis na mira
Os casos de Luiza Lins e outros petistas que pediram voto para Eunício serão julgados em reunião da executiva estadual do PT na próxima terça, 28. Expulsões são cogitadas.

“Vamos acionar a comissão de ética para enquadrar por infidelidade partidária”, afirmou o presidente estadual do PT, Francisco de Assis Diniz. Ele disse que, “pelo que sabe”, a mãe de Luizianne ainda é filiada.
Outro petista que poderá ficar na mira da direção estadual é o deputado federal Eudes Xavier, da corrente de Luizianne. Ele confirmou ao Blog do Eliomar que está ajudando a campanha de Eunício. “Se o Eudes fez posicionamento público comprovado, vai ser enquadrado”, avisou de Assis.

Em Iguatu, Mônica Oliveira recebe apoio para Eunício 15


http://www.eunicio.com.br/sites/default/files/noticia/encontro_liderancas_iguatu_-_ft_zerosa_filho_-_0592.jpg
"Eunício está pronto para ser governador e o Ceará está pronto para escolher um novo jeito de governar. Vamos juntos com o 15", convocou Mônica Oliveira, em encontro com lideranças do Centro Sul, realizado na noite desta segunda-feira, 20, em Iguatu.

O evento debateu as principais demandas para a Saúde e para a Educação: Faculdade de Medicina, campus avançado da Universidade Federal do Ceará (UFC), piso salarial para os agentes de Saúde do Estado, implantação de um distrito industrial, foram algumas das demandas da Região.

Luzia Barbosa, agente de saúde, disse ter a certeza que a partir de janeiro de 2015, com Eunício no comando do Estado, os agentes terão o pagamento do piso salarial, atualmente a maior reivindicação da categoria.

O deputado estadual eleito e ex-prefeito de Iguatu, Agenor Neto, afirmou que o maior problema enfrentado pela cidade é a Saúde. De acordo com ele, enquanto os médicos são enviados de avião para o hospital regional de Sobral, em Iguatu faltam profissionais para atender a população.

Para Agenor, Eunício vai mudar essa realidade, pois é um candidato sensível ao sofrimento de quem mais precisa."Estamos no caminho certo com Eunício 15", destacou, parabenizando também a iniciativa de Mônica Oliveira em percorrer o Estado, ouvindo os anseios da população. "Mônica Oliveira é determinada, uma mulher de garra que, como primeira-dama, nos dará a certeza de que será uma pessoa aguerrida à frente dos programas sociais", ressaltou.

Mônica garantiu que, se eleito, Eunício fará cumprir a lei federal que estabelece o piso salarial para os agentes de saúde. Além disso, enfatizou algumas das propostas do candidato para a Saúde, como o concurso para 12 mil profissionais; a Carreta da Mulher, sugestão do Comitê das Mulheres, que percorrerá todo o Ceará oferecendo atendimento e exames de prevenção; e a construção de dois hospitais, um na Região Metropolitana de Fortaleza e outro no Vale do Jaguaribe.

Genésia Araújo, professora, declarou estar na luta pela vitória de Eunício no próximo dia 26 de outubro, porque só assim os professores serão valorizados. Eunício ajudou a aprovar no Plano Nacional de Educação (PNE), o aumento para 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a Educação, o que vai permitir mais investimentos para a área.

Além disso, o candidato aposta na educação em tempo integral e pretende implantar programas como o Passaporte do Estudante, que permitirá aos alunos da rede estadual de ensino estudar no Exterior.

Na avaliação de Aderílio Alcântara, prefeito de Iguatu, o Ceará está gritando por mudanças e Eunício representa essa oportunidade de uma nova fase administrativa.

A forma simples como o candidato vem ouvindo as pessoas e acolhendo suas reivindicações, para Aderílio, é uma prova de que Eunício dará um novo rumo ao Estado. "O que não foi feito em oito anos, será feito em quatro, pelo compromisso e capacidade que Eunício tem", destacou.

Mônica Oliveira agradeceu a presença de todos e a dedicação na defesa do nome de Eunício. "Sem o empenho de vocês, Eunício não teria chegado onde chegou". E lembrou a trajetória política do candidato: deputado federal três vezes, ministro do ex-presidente Lula, líder do PMDB na Câmara e no Senado, político eleito com maior número de votos já registrado nas eleições do Ceará e ficha limpa. "São 16 anos de mandato com a alma e o coração voltados ao povo do Ceará", salientou. Além de contar com a participação do deputado estadual eleito Agenor Neto e do prefeito da cidade, Aderílio Alcântara, o encontro reuniu centenas de pessoas, com a participação também da primeira-dama de Iguatu, Michele Brasil; do deputado estadual reeleito, Danniel Oliveira (PMDB); vereadores de Iguatu, e de lideranças de Saboeiro, Lavras da Mangabeira, Acopiara e Quixelô.

Eunício recebe apoio de lideranças políticas


eunicio 21.10
Em reunião no Comitê Central, nesta terça-feira (21), o candidato ao Governo pela coligação “Ceará de Todos”,  Eunício Oliveira (PMDB) recebeu manifestação de apoio de vários líderes partidários.

Membros do PSC, PTC, PTN, PDT, PEN, PTB e PMN estiveram presentes e confirmaram disposição de trabalhar  nesta reta final em prol da candidatura do peemedebista.
Candidato a deputado estadual pelo PTC, Alex Linhares conclamou a militância a tomar as ruas nesses últimos quatro dias de campanha.Já o deputado estadual reeleito pelo PMDB, Carlomano Marques disse que a militância e o eleitorado não podem recuar diante das investidas da chapa governista.
O peemedebista disse que o Ceará precisa viver um momento político diferente. “Por esses dias, me chamaram de mandacaru do Nordeste. Quero ser mesmo um mandacaru, que fica quatro anos na seca e continua verde. O verde da esperança”, devolveu.
Para Eunício, o resultado do primeiro turno foi claro, a população quer um novo jeito de administrar. “Estou aqui com mais energia do que comecei nessa campanha. Estou feliz. Porque sei que represento o sentimento de pelo menos 52% da população, que votou em candidatos de oposição e definiu que não quer mais esse Governo. Eu lutei contra a ditadura, não corro da luta”, avisou..
Fonte: Ceará Agora

Cid Gomes manda punir 13 oficiais que declararam voto ao capitão Wagner



Pelo menos 13 oficiais poderão ser punidos, e até expulsos da Polícia Militar do Ceará, por terem declarado voto publicamente à candidatura do vereador e, agora, deputado estadual eleito Capitão Wagner (PR) e ao cabo Sabino – eleito deputado federal. A manifestação de apoio aconteceu pela Internet semanas antes da realização do 1º turno das eleições deste ano.

Em rota de colisão com a PM que apoia o deputado eleito Capitão Wagner, o governador Cid Gomes (Pros) determinou a abertura de processo disciplinar para punir os militares. A relação dos oficiais foi publicada no Boletim do Comando Geral 196, da última segunda-feira. Entre os militares, está um coronel da reserva (Coronel Paula Neto) e o major Plauto Roberto, que comandou a Guarda Municipal na atual gestão e que foi afastado por problemas políticos.

No Boletim é informado que consta como prova da transgressão disciplinar “documentação sob SPU nº14672828-9, ofício nº953/2014 - GAB/ SSPDS/CE, que versa sobre manifestação político-partidário por parte dos Oficiais. E ainda manifestações estas de apoio a candidaturas partidárias a cargos eletivos a deputado estadual e deputado federal pelo estado do Ceará, aonde declinam o posto hierárquico, gravadas imagens e vozes em CD-Room (compactic disc)”, relata o documento assinado por Cid Gomes.

Confira a relação dos oficiais que serão punidos:

Coronel FRANCISCO CAVALCANTE DE PAULA NETO, da reserva.

Tenente-coronel EUGÊNIO EDUARDO COSTA CARNEIRO, lotado na CSAS/ PMCE;

Major PM PLAUTO ROBERTO DE LIMA FERREIRA, à disposição da SEJUS.

Capitão PM CÍCERO NONATO SOUSA PASSOS, lotado na Controladoria Geral dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário - Órgão de Controle Externo Disciplinar.

Capitão PM FRANCISCO EVERTON DE FARIAS TORRES, lotado na 3ª Cia/12ºBPM.

Capitão PM HUMBERTO MAIA COSTA FILHO, lotado na 4ªCia/16ºBPM.

Capitão PM ANTÔNIO GESIVANDO DE MELO ANDRADE, lotado na 2ª Cia do 14ºBPM.

Capitão PM JONE DE CASTRO BRASIL, lotado na CALP/PMCE;

Tenente PM DYEGO GALDINO BARCELOS, lotado na 1ª Cia/16º BPM;

Tenente PM ALUÍSIO TEIXEIRA DA SILVA, lotado na CFJM/PM.

Tenente PM ANTÔNIO LINCOLN ARAÚJO BATISTA,lotado na Secretaria Executiva da PMCE.

Tenente PM ALANO TIMBÓ MAGALHÃES BIZARRIA, lotado na 3ªCia do BPCOM.

Tenente PM NARA CHAGAS FERNANDES, lotada na 2ª Cia/EPMONT.

Zezinho Albuquerque assume Governo do Estado durante licença de Cid Gomes

zezinho_albuquqer
Na linha sucessória, assume a presidência do Poder Legislativo, neste período, o primeiro vice-presidente da Casa, deputado Tin Gomes.
A mesa Diretora da Assembleia Legislativa foi oficializada na manhã desta quarta-feira (22/10) do pedido de licença do cargo feito pelo governador Cid Gomes, a qual se estenderá do dia de hoje até o próximo domingo (26/10). Nesse meio tempo, o presidente da AL, deputado Zezinho Albuquerque (Pros) assume como governador em exercício. Sua posse aconteceu hoje no Palácio da Abolição.
De acordo com o diretor do Departamento Legislativo, Carlos Alberto Aragão, com a chegada do ofício, a Mesa Diretora da AL formulou um ato determinando a expedição do projeto de decreto legislativo 06/2014, com o pedido de licença governamental.
Na linha sucessória, assume a presidência do Poder Legislativo, neste período, o primeiro vice-presidente da Casa, deputado Tin Gomes (PHS).

Eunício eleva tom e acusa Camilo de desvio de verbas em Barbalha


Em encontro com aliados de diversos partidos, Eunício afirmou que as supostas irregularidades foram encontradas por uma tomada de contas especial; ele também aproveitou para atacar os irmãos Ferreira Gomes
Na última semana de campanha e diante de uma disputa bastante acirrada, o candidato ao Palácio da Abolição Eunício Oliveira (PMDB) decidiu partir para o ataque. Em evento realizado ontem, em que recebeu apoio de PEN e PTN, além de setores do PSC que não seguiram decisão do presidente estadual Wellington Sabóia e permaneceram apoiando o senador, o peemedebista acusou seu adversário Camilo Santana (PT) de ter desviado verba pública durante sua rápida passagem como prefeito de Barbalha.
De acordo com o senador, uma tomada de contas especial localizou irregularidades na gestão de uma semana, em 2006. “Em sete dias, Deus fez o mundo. Mas em sete dias, ele (Camilo) já roubou dinheiro público”, acusou Eunício. O petista assumiu a prefeitura de Barbalha em 16 de junho daquele ano. Segundo colocado na disputa para gestor municipal de 2004, acabou assumindo o cargo no “tapetão”, quando Ministério Público Eleitoral conseguiu a cassação da candidatura do prefeito eleito Rommel Feijó (PTB) dois anos depois, por suposto uso da máquina pública municipal para captação de votos. Rommel conseguiu reassumir o cargo sete dias depois.
“Eu já vi esse filme antes, governador (referindo-se a Cid Gomes). Eu vi esse filme lá em Brasília: um governador que tinha processo e terminou saindo do palácio algemado” , ironizou o candidato, fazendo uma alusão ao ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda (ex-DEM, atual PR), que foi preso em 2009.
Procurada pelo O POVO, a assessoria de comunicação de Camilo Santana afirmou que não comentaria acusações sem provas.
Irmãos Ferreira Gomes
Mas nem só de ataques ao adversário manteve-se a fala de Eunício. Também houve críticas aos irmãos Ferreira Gomes. “Não querem largar o osso porque não sabem fazer nada”, atacou o peemedebista. E não ficou por aí. 

Ciro Gomes foi descrito como um “desequilibrado” e um “tresloucado” pelo senador, que lançou um desafio. “Se ele apresentou, se ele aprovou um único projeto na Câmara dos Deputados, eu renuncio ao meu mandato de senador”, prometeu.
Acusou o governador - tachado por ele de “extravagante” - de ter criado divisões nas polícias. Sobre isso, ele aproveitou para alfinetar Camilo. “Eu dizia ao meu concorrente: você está dizendo na televisão que tem um cunhado que é há catorze anos soldado da Polícia. Ele devia votar em mim, e não em você, porque eu vou fazer as promoções na Polícia”, disse.
Eunício ainda teve encontro com sindicalistas da Força Sindical pela manhã, que lhe declaram apoio.

DIPLOMAÇÃO DOS ELEITOS: Justiça Eleitoral proclama resultado do 1º turno das eleições no Ceará


O presidente da Comissão Apuradora das Eleições 2014, desembargador Antônio Abelardo Benevides Moraes, fez a proclamação oficial dos eleitos aos cargos de senador, deputado federal e deputado estadual (resultados relativos ao 1º turno de votação), na sessão da Corte do TRE, nesta quarta-feira, 22/10, conforme prescrevem a Resolução TSE nº 23.399/2013 e a Resolução TSE nº 23.390/2013.

A homologação do resultado ainda pode ser alterada após o julgamento de 3 recursos que tramitam em instâncias superiores. No caso de alteração da situação de candidato, com trânsito em julgado no TSE, que modifique o resultado homologado hoje, a Comissão Apuradora autorizará uma retotalização e fará nova proclamação dos eleitos.

Também na sessão plenária de hoje, foi marcada a data de 19 de dezembro para a diplomação dos eleitos, que acontecerá no Centro de Convenções de Fortaleza.

A homologação do resultado para governador acontecerá até 25 de novembro.

* Com informações do TRE/CE

JOGO SUJO: Polícia Federal apreende propaganda ilegal contra Eunício Oliveira


Impressos com supostas ‘notícias’ contra o candidato foram apreendidos e encaminhados a Justiça Eleitoral.

Ações da Polícia Federal e da Justiça Eleitoral movimentaram as coordenadorias das campanhas ao Governo do Ceará nesta quarta-feira (22). Logo cedo, policiais acompanharam representantes do Judiciário durante o cumprimento e um mandado de busca e apreensão no comitê da coligação “Ceará de Todos”, do candidato Eunício Oliveira (PMDB), no Dionísio Torres, em Fortaleza. As autoridades procuravam por materiais de propaganda irregular, como camisetas, bonés e outros brindes. Nada de irregular foi encontrado. A assessoria do candidato classificou a ação como “intimidatória”. Para a coligação, as autoridades estão sendo induzidas ao erro.

Na mesma manhã, a Polícia Federal anunciou a apreensão de farto material com propaganda irregular contra Eunício. Dois fardos de impressos, com o título de “Momento Político”, assinados pelo radialista Carlos Silva, tinham como manchetes supostas notícias relacionadas ao patrimônio declarado pelo candidato. Também foram apreendidas mais de 1.500 cópias de DVDs contendo um vídeo no qual pessoas, anunciadas como moradores de Lavras da Mangabeira, questionam as intenções do peemedebista no Governo. A reprodução das imagens na campanha foi proibida pela Justiça Eleitoral.

O local onde o material foi encontrado, no entanto, não foi informado. Os envolvidos, entre eles menores de idade, foram ouvidos e depois liberados. Os depoimentos e os materiais confiscados foram enviados à Justiça Eleitoral.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Após repercussão negativa, Heitor Férrer nega apoio a Camilo e Dilma



O deputado estadual Heitor Férrer, um dos principais nomes do PDT no Ceará, reagiu aos comentários negativos sobre seu apoio aos candidatos petistas Camilo Santana (Governo) e Dilma Rousseff (Presidência). 

Em seu perfil no Facebook, o parlamentar prometeu apresentar explicações sobre sua declaração, durante um evento em Lavras da Mangabeira, onde os dois candidatos são citados por ele como os preferidos pelo eleitor. 

O pronunciamento de Heitor, registrado em um vídeo compartilhado nas redes sociais, chamou a atenção do público, tendo em vista o posicionamento histórico de oposição do deputado ao atual governo de Cid Gomes (PROS), mesmo com o PDT fazendo parte da base da situação na Assembleia Legislativa e da coligação “Para o Ceará Seguir Mudando”, encabeçada por Camilo.


O cessar fogo estaria condicionado à formação da chapa que disputará a Prefeitura de Fortaleza em 2016, tendo o prefeito Roberto Cláudio como indicado à reeleição e Heitor concorrendo como vice, em substituição a Galdencio Lucena (PMDB). O deputado também teria direito a uma das pastas no Governo de Camilo, caso o petista seja eleito. 

Nesta segunda-feira (20), Heitor promete fazer um pronunciamento sobre a suposta aliança durante a sessão do Legislativo estadual, no Plenário 13 de Maio. 

De antemão, o pedetista contradiz a afirmação e, em busca da preservação de sua coerência política, afirmou que permanece “independência tanto no cenário da sucessão estadual como no plano federal”. Basta saber agora como o eleitor irá assimilar tantas contradições em tão pouco tempo.

Pistoleiro 'Courinhas' será julgado nesta segunda

Image-0-Artigo-1724080-1José Enilson Couras, o 'Courinha', pistoleiro acusado de participação em dezenas de crimes de homicídio no Ceará e no Piauí, vai a julgamento nesta segunda-feira, no Fórum Clóvis Beviláqua, por mais um assassinato a ele atribuído.
O crime em questão é a morte de Francisco Francinildo Fernandes da Silva, ocorrido em 9 de outubro de 1986. Na ocasião, a vítima foi alvejada com dois disparos de arma de fogo num bar localizado na rua do Cruzeiro, em Iguatu, a 380 quilômetros da Capital. Silva, antes de morrer, teria identificado 'Courinhas' como autor dos disparos.
De acordo com relatos da época, o acusado se aproximou da vítima em seu carro, um veículo Del Rey, com os faróis apagados, e realizou dois disparos. O crime aconteceu pela madrugada. Francinildo identificou seu executor a testemunhas e faleceu pouco depois de ser baleado.

Temido
Apesar do homicídio ter acontecido na cidade do centro-sul cearense, o julgamento será em Fortaleza, uma vez que foi pedido pelo Ministério Público (MP) o desaforamento, isto é, o deslocamento do processo para outra comarca, alegando que o acusado poderia amedrontar os jurados da cidade de origem. Se obtiver a pena máxima, José Enilson poderá ser condenado a trinta anos de prisão.
José Enilson já foi julgado e condenado por outros homicídios. Em 2009, foi apenado pela morte do engenheiro José Ferreira Castelo Branco, o 'Castelinho'. O crime teria sido cometido a mando do coronel PM José Viriato Correia Lima, do Piauí.
Em fevereiro de 2010, 'Courinhas' foi condenado a 15 anos por ter assassinado, em 1996, o comerciante Sinval Correia Braga, no município de Jucás, localizado a 407 quilômetros de Fortaleza. Em agosto daquele ano, foi punido com 14 anos de prisão pela morte de Manoel Cândido Diniz, em 1983.
Alguns dos crimes teriam sido executados para que os envolvidos pudessem se apossar de seguro de vida feitos pelas vítimas, que eram parentes dos assassinos apontados.
O advogado de 'Courinhas', Luis Augusto Correia Lima de Oliveira, afirma que espera um desfecho breve do caso, e ressalta que a defesa está consciente da inocência do acusado, apesar do pré-julgamento que a sociedade impõe ao réu pelo seu passado. "Meu cliente é condenado pelo seu passado, não pelos fatos, pela Lei e muito menos pelo suposto crime. Não se pode incriminar ninguém por antecipação", destaca.

Horário de verão não vai alterar votação no Estado do Ceará


Horário votação
Na madrugada de domingo, 19 de outubro, começou o horário de verão em alguns Estados do país. A partir deste dia, o horário do Estado do Ceará ficou com diferença de 1 hora em relação ao horário de Brasília. Porém, o TRE-CE esclarece que o horário de votação no dia 26 de outubro, 2º turno das eleições, não será alterado e permanecerá de 8 às 17h, horário local.
A única alteração que acontecerá será na divulgação do resultado para o cargo de presidente da República, que obedecerá o horário de Brasília, ou seja, a partir das 20 horas do próximo domingo (26/10), quando termina a votação no Estado do Acre (17 horas local).
Fonte: TRE-CE

Pesquisas de intenção de votos serão divulgadas até sábado

Um festival de pesquisas sobre as intenções de voto dos brasileiros marca os últimos dias que antecedem ao segundo turno da eleição. Entre o dia de hoje e o próximo sábado, pelo menos, oito pesquisas serão divulgadas.  
Os registros das pesquisas no Tribunal Superior Eleitoral, TSE, foram feitos pelo Datafolha, Instituto Sensus, Vox Populi e Ibope. A cada 24 horas, uma ou duas sondagens mostrará a oscilação de votos entre Dilma Rousseff e Aécio Neves. 
Dilma e Aécio aparecem empatados e qualquer fato político diferente, qualquer denúncia que possa ser entendida pelo eleitor como mais consistente contra um ou outro candidato, pode redirecionar o sentido do voto. 
A campanha atrai a atenção dos eleitores, ganha mais emoção e desperta uma guerra virtual inédita na história política brasileira. O clima é de muita tensão e estão em jogo o poder político e o futuro de um mandato presidencial que muda os rumos do PT e do PSDB. Você pode conferir o nosso editorial acessando o link abaixo:

Candidatos a governador sobem o tom na reta final da campanha




Em entrevista ao Jornal do Cariri, Camilo e Eunício mostram que já entraram na fase do “tudo ou nada”.
 




A disputa pelo Governo do Ceará está ainda mais acirrada neste segundo turno. Após o surpreendente resultado, no último dia 5, que contrariou as pesquisas eleitorais e levou Camilo Santana (PT) para o segundo turno, em estreita vantagem sobre Eunício Oliveira (PMDB), os candidatos puderam repensar suas estratégias de campanha para a fase do “tudo ou nada”, que terminará no dia 26 de outubro.

Como uma das prioridades dos pares é conquistar a confiança dos eleitores da região do Cariri, que na primeira fase votou massivamente no petista, os oponentes intensificaram as alianças com lideranças políticas locais e ampliaram suas propostas para os mais diferentes setores. A poucos dias do ‘grand finale’, os caririenses comemoram a maior vitória das eleições de 2014: independente do nome escolhido nas urnas, no próximo domingo, o sonho de ter um filho da terra eleito governador já é realidade. As recentes pesquisas apontam uma diferença de menos de 2% de intenção de votos entre os candidatos, o que indica uma corrida dura, disputada palmo a palmo. Se na reta final do primeiro turno não faltaram acusações mútuas entre Camilo Santana e Eunício Oliveira, nesta fase do “tudo ou nada”, a troca de farpas se tornou o ingrediente mais brutal usado pelos adversários.

Leia, abaixo, entrevista com os candidatos Camilo Santana e Eunício Oliveira:

JORNAL DO CARIRI: Por que os eleitores do Cariri devem confiar seus votos aos senhores?

Camilo Santana: Primeiramente, gostaria de agradecer ao povo do Cariri pelos votos que me confiaram no primeiro turno. Tive a honra de ter sido o mais votado na maioria dos municípios da região. Isso se deve ao fato de conhecer muito bem o Cariri, não só por ter nascido na região, mas também por ter sido secretário do Desenvolvimento Agrário e das Cidades, quando pude trabalhar para levar diversos programas e obras para melhorar a vida da população. Garanti o papel da terra para milhares de agricultores, ampliei o “Minha Casa, Minha Vida”, que já atende a milhares de famílias em diversas cidades, como Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Nova Olinda, Aurora, Antonina do Norte, Barro e Farias Brito. Além disso, levei o programa “Garantia Safra” para muitos agricultores que sofriam com a estiagem, garanti o maior programa de cisternas de placas do País e implantei o programa “Cidades do Ceará” no Cariri, com o qual fizemos muitas obras estruturantes e de requalificação em vários municípios.

Eunício Oliveira: Os eleitores do Cariri e de todo o Ceará me conhecem há 16 anos, trabalhando como deputado federal, com três mandatos, como ministro do presidente Lula e, agora, como Senador. Eles sabem, também, que só entrei para a vida pública depois de conquistar independência financeira e sucesso profissional como empresário. Aprenderam a reconhecer a minha independência política, pois sou um candidato que não tem padrinho e não terei chefe, a minha capacidade de trabalho e a minha experiência. Assim como entenderam que, nesse tempo todo, eu sempre trabalhei para o desenvolvimento do Estado e do nosso povo, e que só coloquei o meu nome como candidato quando percebi, nas ruas, que chegou o momento de trazer um novo jeito de administrar o nosso Estado. O Ceará não pode continuar pertencendo a um grupo político capitaneado por uma família que já deu o que tinha que dar e agora quer eleger uma proposta para continuar mandando na vida das pessoas.

JC: O que de concreto consta da sua pauta, relativo aos investimentos para os caririenses, nos setores de infraestrutura, saúde e educação?

Camilo: Pretendo fortalecer a rede de saúde ajudando os municípios na atenção básica e construindo UPAs 24h naqueles que tem acima de 50 mil habitantes. Na educação, vamos fortalecer o Programa de Alfabetização na Idade Certa (PAIC), levar escolas profissionalizantes em tempo integral para todos os municípios, além de fortalecer e realizar concurso para as universidades estaduais, incluindo a Urca. Vou, também, garantir a conclusão do Anel Viário, que vai desafogar o trânsito da região, além de colocar para funcionar o distrito industrial do Cariri.

Eunício: Há muitas prioridades que têm que ser contempladas no Cariri. O saneamento, por exemplo, é uma obra urgente, que além de contribuir para a saúde da população é uma obra de defesa do aquífero, que está ameaçado pela falta de tratamento de esgoto. Valorização da atividade econômica, incentivando o crescimento da indústria, a revitalização dos centros comerciais. Na saúde é necessário colocar o hospital regional para funcionar corretamente, contratando mais profissionais. Além de complementar a rede de atenção primária de consultas e exames.

JC: As obras do Aeroporto do Cariri, da Drenagem e o Anel Viário, em Juazeiro, são prioridades dentre as suas propostas?

Camilo: Vou trabalhar para garantir junto ao Governo Federal a conclusão das obras de ampliação do Aeroporto do Cariri. Também vou apoiar o município de Juazeiro para garantir a drenagem da cidade. Com relação ao Anel Viário, é compromisso concluir esta importante obra.

Eunício: Sobre o aeroporto, eu lutei por verbas, como parlamentar, e tratei com a Presidenta Dilma Rousseff, que me garantiu os recursos e foi assim que começamos as obras e pagamos as indenizações. Como governador, vou continuar intercedendo junto ao governo federal e junto à Infraero para fazermos mais melhorias.

JC: Como vocês avaliam a atual estrutura das romarias e o uso dos paus-de-arara como meio de transporte dos romeiros?

Camilo: Como secretário das Cidades já iniciei o roteiro da fé, que requalifica os principais pontos de encontros dos romeiros. Pretendo me reunir com todas as entidades que participam e organizam as romarias, para estabelecer metas que garantam uma melhor estrutura para receber os romeiros de todo Brasil. Além delas, também o incentivo às múltiplas potencialidades de turismo que a Região
contém. Além do turismo religioso, que traz visitantes do mundo inteiro, temos o turismo
científico, o ecológico e o turismo cultural.

Eunício: As romarias são uma marca maravilhosa desta região e as condições para receber os peregrinos têm que ser permanentemente melhoradas, assim como as estruturas de hospedagem, de alimentação e a oferta de transporte seguro e confortável. É um destino de fé, que terá toda a atenção do meu governo, oferecendo permanente modernização das condições de recepção, como acontece em Aparecida do Norte, em São Paulo, e em tantos lugares onde esse maravilhoso sentimento de fé do nosso povo se fortalece e se renova.

JC: O nosso índice de crimes ao gênero feminino é alto. Uma das principais reclamações é escassez de políticas públicas de combate. Quais providências os candidatos tomarão para reduzir o quadro?

Camilo: A violência contra as mulheres deve ser combatida com toda força possível. Vou abrir delegacias 24h, fortalecer a delegacia da mulher e ampliar os espaços de acolhimento. Além disso, devemos trabalhar na educação e informação para evitar que mais crimes como esses aconteçam e garantir apoio para que as mulheres possam denunciar qualquer violação de seus direitos. O diálogo com todas as entidades de defesa da mulher, incluindo o Poder Judiciário e o Ministério Público, também é fundamental para garantir mais e melhores políticas públicas.

Eunício: Com a ampliação de delegacias especializadas para todas as regiões do Estado, com plantão 24 horas, casas abrigos e a oferta de oportunidades de trabalho para essas mulheres seguirem a sua vida com independência. A nossa campanha criou o Comitê das Mulheres, que percorreu o Ceará. Além do grave problema da violência, que se combate também com educação, recebemos sugestões fundamentais sobre cuidados básicos que não são prioridade para o atual governo, como os projetos para a primeira infância, com a criação de creches, o combate às drogas.

JC: O que vocês mudariam da atual gestão do Governo do Estado?

Camilo: Vou trabalhar para garantir uma melhor segurança pública, valorizando os profissionais, investindo em delegacias 24h, na ampliação do efetivo das polícias militar, civil e do corpo de bombeiros, e abraçando as áreas mais críticas com serviços públicos, como escola profissionalizante em tempo integral, áreas de lazer, esporte e cultura. Vou, também, trabalhar para melhorar o atendimento nas unidades de saúde, implantando um sistema de avaliação que garantirá gratificações para aquelas equipes melhor avaliadas pela população.

Eunício: A primeira coisa que eu vou mudar são as prioridades e a forma de governar. Meu governo não vai jogar dinheiro público fora, em obras faraônicas ou bonitas só por fora, construídas por mania de grandeza, e que, quando não despencam, só funcionam no dia de inauguração. O dinheiro do povo não pode ser usado para satisfazer o gosto pessoal dos governantes, sem discussão de prioridades. Eu garanto, desde o primeiro dia da minha campanha, que o meu governo terá uma coisa fundamental, mas que infelizmente os cearenses esqueceram pela falta de prática, que é o diálogo com a sociedade, hoje, extinto no Ceará.

* Leia a íntegra desta matéria na edição desta semana do Jornal do Cariri.